Resenha: Rubi de Sangue - Denise Flaibam

Compre aqui
Skoob
Facebook
Arabella Snow é o tipo de mulher que encanta e arrebata; desbravadora de mares, caçadora de tesouros, conquista riquezas e corações no decorrer de um suspiro. É a domadora do oceano, uma das piratas mais famosas de todos os tempos. Mas ela não passa de uma personagem dentro dos livros que Moira não se cansa de ler.
Em toda a sua vida, Moira Black sonhou em ser como sua heroína. A ingênua garota vive numa realidade monótona e previsível, cercada por nobres e suas máscaras de frivolidade. Mas algo maior está reservado para a doce garota dos olhos de tempestade: Moira está ligada a lenda de um tesouro. O relicário deixado por sua mãe tem laços com uma desconhecida maldição, e para descobrir os mistérios que se escondem junto ao rubi de sangue, Moira mergulhará num universo pertencente somente aos seus livros: o mundo da pirataria.
Mas a vida real não é tão simples quanto às aventuras que decorreram nas páginas que Moira idolatrava. Para salvar seu pai, a jovem precisará exigir de si mesma a coragem que tanto admira em Arabella Snow. Se ela quiser sobreviver a essa viagem, precisará ser uma pirata melhor do que sua maior heroína.



Resenha


Hey pessoal! Tudo bem? Então, hoje trago a primeira resenha da parceria com a autora Denise Flaiban. Vamos conferir as minhas impressões sobre essa obra nacional?

Essa estória se inicia quando o navio tormenta das águas do capitão Blackburn ataca a vila onde Moira vive e a pedido do seu pai ela foge para a casa de Terence, um grande amigo deles, porém, no meio da confusão o pai de Moira acaba sendo sequestrado pelo navio pirata e com a ajuda de Terence ela vai até o Sebastian Stark, capitão do Espirito do Gelo, onde se inicia sua aventura no meio da pirataria. Essa aventura consiste em seguir algumas instruções deixadas pelo seu pai, na qual será orientada por Terence e Stark para encontrar um tesouro abandonado pelos deuses e com sorte encontrar o seu pai. Essa busca pelo tesouro deixado pelos deuses apresenta vários obstáculos pelo caminho, nessa jornada nos deparamos com traições, novos amigos, amores, sacrifícios e segredos.


_ Não se encontra Stark. Ele encontra você. _ Peixe Morto replicou com bom humor. Terence revirou os olhos preguiçosamente e esperou. _ Esta querendo encrenca Terence? Porque iria procurar aquele diabo?


O tesouro fica em uma ilha e para chegarem lá o grupo será guiado por uma mapa que possui propriedades mágicas e serão auxiliados por uma joia que Moira possui, e isso permite que ela tenha visões sobre possíveis enigmas apresentados nessa jornada. Além de Moira, Stark e Terence outras pessoas serão necessárias nessa jornada, tais como Armand, o filho do comodoro, que acaba aceitando se embarca nessa loucura com a promessa de proteger Moira dos perigos apresentados pelo mundo dos piratas. 


_Não é pra entender minha querida. _ Iolanda havia sorrido um sorriso triste. _ O mundo lá fora é um lugar perigoso. Você precisa ser forte; precisa deixar a antiga Moira para trás. Cresça, se fortifique. Seja sua própria heroína. E, se achar necessário, confie em Sebastian.

Vou falar um pouco de alguns personagens, começando pelo Armand que é um personagem calmo, protetor, um jovem cheio de honra e de princípios, que serve a corte em que vive e acredita nela. Stark é um dos piratas mais procurados pelo comodoro, é cercado por mistérios, e cheio de segredos e dores sobre o passado. Temos também James, o primeiro imediato do tormenta das águas que acaba se tornando prisioneiro do espirito de gelo, mas diferente do esperado ele acabou se provando alguém que possui um passado sofrido e que mesmo assim possui bondade. Temos também a Tamina, a primeira imediata do Espirito do gelo, que se mostra uma mulher fria, cruel, uma mulher forte e respeitada por todos que a conhece, e que assim como todos os outros personagens também possui um passado conturbado, cheio de dores e traições, e pra mim ela e o James é o melhor ship haha. O capitão Blackburn é o pirata mais temido, ninguém jamais viu o seu rosto e nada se sabe sobre ele, ele é cruel, e o herdeiro do primeiro homem a chegar no tesouro abandonado pelos deuses, mas pra isso se tornou um traidor, e Blackburn deseja mais do que tudo chegar a esse tesouro, sendo que ele e Stark são rivais por causa de acontecimentos do passado, mas vamos descobrir algumas coisas sobre isso quase no final da obra que é de surpreender.


O passado e o presente vão nos assombrar, querendo ou não. Sei que é difícil, sei que dói, mas eu preciso de minha primeira imediata preparada para combater esses monstros ao meu lado. 

O livro foi bem desenvolvido, deu margem a um triangulo amoroso, e pelo menos eu não sabia com que queria que a Moira ficava, pois tanto o Stark quanto o Armand tinha uma relação diferenciada com ela, e os dois ajudavam ela de modos diferentes, mas apesar da passagem do triangulo na obra, ela não foi o destaque. No final da obra é de surpreender, tanto com as descobertas que são feitas em como a autora conduziu tudo dando aquele enceramento. Eu acho essa capa a coisa mais linda, e também vi poucos erros de revisão no decorrer da obra, sendo que tenho o e-book desde a época em que ele foi lançado, ou seja, é possível que a autora tenha atualizado o arquivo. O livro estava na minha meta de 2016 (clique aqui para conferir), mas acabei não lendo ele e esse ano acabei conseguindo parceria com a autora portanto decidi trazer essa resenha primeiro para depois lê as outras obras da autora.


Stark era tempestade, Armand era calmaria. E Moira estava á deriva entre os dois, incerta sobre o seu destino.

A escrita da Denise é bem leve, simples e fluida, eu nem vi a leitura passando. É uma leitura que indico para todos. No inicio do livro a autora deixa uma nota falando que o livro possui algumas características de uma Fanfics que ela havia escrito dos piratas do caribe, e na obra podemos vê algumas semelhanças de um dos filmes do capitão Sparrow, apesar disso, a leitura foi maravilhosa, e na minha avaliação do skoob dei nota 5.

Quando vive o que vivi, um futuro incerto é melhor do que o pesadelo do presente. O perigo em alto mar não é páreo para o que a sociedade oferece.

Bom, é isso pessoal. Deixem nos comentários o que acharam, e até a próxima. 

4 comentários

  1. Oi
    to com esse e-book aqui, preciso ler ele, que bom que gostou e realmente a escrita da Denise flui muito bem, tem resenha de um outro livro dela lá no meu blog.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, eu vou lá da uma conferida na sua resenha sim haha

      Excluir
  2. Oi Brenna querida, tudo bom?
    Fiquei tão feliz lendo sua resenha! Incrível saber que Rubi foi uma leitura tão prazerosa pra ti. Obrigada por esse texto, adorei cada palavra <3
    Eu nunca soube escolher entre o Stark e o Armand, então entendo a confusão da Moira é quase a minha UHASUHASUHASUHASUH os dois são muito amor!
    Adoro saber que o final surpreendeu :3 foi minha parte favorita na hora de escrever.
    Amanhã a resenha sai lá na página!

    Beijos,
    Denise Flaibam.

    ResponderExcluir

Obrigada por deixar a sua opinião!