Resenha: Protetora - Thais Lopes



Desde tempos imemoriais, a linhagem de Táiran guarda Ionessen. Seja como guerreiros ou conselheiros, eles são idolatrados, temidos… E odiados. Duas guerras e séculos manipulando as pessoas ao seu redor lhes deram mais inimigos que aliados, e um novo conflito pode derrubar tudo que lutaram para construir.
A Arqui-Guardiã Krisla Táiran sabe exatamente quais são os riscos, mas não tem outra opção a não ser deixar a armadilha se fechar ao seu redor. E quando ela percebe que sua vida está em jogo, precisa aprender a confiar em um assassino, que é a única pessoa que pode mantê-la a salvo.







Resenha

Hey pessoal! Tudo bem? Então, hoje vou falar de mais um livro da autora parceira Thais Lopes. O livro da vez é Protetora, o volume 3 da série de ficção cientifica As Cronicas de Táiran. Vamos lá então?

O livro nos apresenta Krisla Táiran, uma arqui-guardiã que mantem quem é mantido em segredo por anos. Krisla é uma personagem fria, mas o muro de gelo que ela coloca entre ela e os outros é por uma razão, ela tem medo da dor, tem medo de sofrer, medo de vê o passado se repetindo.

Uma nova guerra vem se aproximando contra a coligação, assim como no passado, mas essa é diferente, ela carrega vários problemas e Krilas terá que fazer suas escolhas. Krisla Táiran esta disposta a fazer de tudo pra não vê o passado se repetindo, mas será que o medo vai atrapalha-la? A estória tem como ponto inicial, quando a Krisla esta de viajem e é atacada por uma nave, onde é salva por um homem que lutou ao seu lado em Ar-Kari que esta junto com a sua irmã, e Krila querendo ou não vai receber a proteção de ambos por causa de uma marca. E assim ela se vê sendo protegida por Surrima e o Keryl que são assassinos.

Top 5: Metas para 2017

Hey pessoal! Tudo bem? Eu sei que estou um pouco atrasada pra esse post, mas é como diz aquele ditado, né, antes tarde do que nunca. Nesse post vou apresentar a vocês 5 livros que quero muito lê esse ano. Vamos lá então?

Skoob
Ao internar a filha numa clínica, o pai de Brit acredita que está ajudando a menina, mas a verdade é que o lugar só lhe faz mal. Aos 16 anos, ela se vê diante de um duvidoso método de terapia, que inclui xingar as outras jovens e dedurar as infrações alheias para ganhar a liberdade. 
Sem saber em quem confiar e determinada a não cooperar com os conselheiros, Brit se isola. Mas não fica sozinha por muito tempo. Logo outras garotas se unem a ela na resistência àquele modo de vida hostil. V, Bebe, Martha e Cassie se tornam seu oásis em meio ao deserto de opressão. 
Juntas, as cinco amigas vão em busca de uma forma de desafiar o sistema, mostrar ao mundo que não têm nada de desajustadas e dar fim ao suplício de viver numa instituição que as enlouquece.





Parceria com Amanda Àghata Costa

Hey pessoal! Tudo bem? Então, hoje vou falar de mais uma parceria que foi fechada para o ano  de 2017 que é com a autora Amanda Ághata Costa. Ano passado tive parceria com a autora para o primeiro semestre de 2016 (Clique aqui pra conferir) e o livro dela A Escolhida já foi resenhado aqui (Clique aqui para lê a resenha da obra).

Vamos conhecer um pouco mais sobre a autora?

Amanda Ághata Costa nasceu em 21 de Outubro de 1993, em São João Batista, uma cidade do interior de Santa Catarina. Formada em Pedagogia e amante das palavras desde a infância, jamais imaginou que um dia sua voz seria ouvida. Com papel e caneta em mãos, espera poder tocar as pessoas com suas histórias, fazendo-as vibrar e amar cada fragmento das mesmas. De todas as coisas do universo, aventurar-se nos mares da fantasia é sua maior paixão. A Escolhida é seu romance de estreia.


Resenha: Fora de Si - Tatiana Pinheiro

Skoob
Compre o e-book
Compre o livro físico
Suzana Lancaster está diante de uma mudança em sua vida. Depois de oito anos no exército americano, onde criou amigos e lembranças traumáticas, ela enfim consegue se tornar uma civil, recém-formada em medicina veterinária. Ela recebe a proposta de trabalhar no rancho da família de um de seus colegas de batalhão. Suzana consegue ter seus dois irmãos ao seu lado, e a tranquilidade que tanto precisa. Um novo lar é o suficiente para esquecer velhas marcas.

Mas não contava com seu mais novo chefe. Aaron Wilson veio como um trem desgovernado em sua direção. Ele não mede forças para ter a menina da cidade em sua proteção. Mesmo que às vezes pareça frio e sem coração, ele mostra o quão amável pode ser.
E o quão infernal pode deixar a vida de Suzana, fazendo-a perder a sanidade com seus olhos verdes luxuriosos. Fazendo o sofrimento ser bastante tentador.


Resenha:


Hey pessoal! Tudo bem? Li esse livro no ano passado, mas acabei não postando a resenha dele aqui, mas hoje decidi falar o que achei do livro aqui. Antes de falar sobre a minha impressão sobre a obra vou falar como adquiri o livro. Eu tinha pedido a uma amiga minha (amiga virtual) para compra-lo pra mim na Bienal de São Paulo e depois me enviar, foi assim que adquirir a obra.

Bom, nesse livro somos apresentados a Suzana. Suzana é uma mulher forte que faz de tudo pelos seus irmãos, ela já sofreu bastante no passado e foi servi ao exercito americano. Depois de muito tempo no exercito ela decidiu que era hora de parar e com isso foi atuar em uma fazenda como veterinária, o que ela não esperava é que seu chefe, o Aaron Wilson, fosse um homem tão atraente e que ela iria se sentir tão atraída por ele.

Texto: 28 de setembro de 2016

Hey pessoal! Tudo bem? Estava procurando algum texto que eu tenha escrito a algum tempo pra postar aqui e achei esse, e me lembro que quando escrevi ele me inspirei em coisas que passei na adolescência e lê ele me faz vê o quanto amadureci, não que eu seja velha, só tenho 18 aninhos, mas ainda assim mudei muito com o tempo, especialmente no ano passado, que pra mim foi um dos melhores anos no quesito crescimento pessoal. O texto tem como título a data em que o escrevi porque sempre escrevo vários textos e muitos deles acabo datando, e esse é um desses textos. 



Parceria com Michelle Pereira

Hey pessoal! Tudo bem? Bom, temos algumas novas parcerias para o ano de 2017 e estarei postando aqui durante janeiro e fevereiro sobre elas. Hoje vou começar falando sobre a Michelle Pereira.


Facebook
Instagram
Blog
Michelle Pereira é mineira, nerd, designer gráfico, viciada em livros de fantasia e ficção científica e adora inventar histórias em seu tempo livre. Começou a escrever aos 14 anos, mas terminou apenas uma história, que foi perdida com o tempo. Anos depois começou a se interessar mais e mais por livros e hoje tem uma boa coleção.

Ela é autora de Guardião do Medo e de O demônio no campanário (história que está sendo publicada no Wattpad), além de ter participado da antologia Criaturas do Submundo com o conto Sob o deserto e o sangue. 





Bom, vamos falar um pouquinho sobre as obras da autora:

Resenha: Passengers (Passageiros, 2017)

   Olá amadinhos, como estão? Ontem fui ao cinema ver Passageiros e hoje venho trazer a resenha pra vocês, espero que gostem! ◕‿◕

Resenha: Um Ano Inesquecível

Sinopse:
Dizem por aí que os melhores momentos da vida são vividos na adolescência. Os primeiros amores, os encontros, as festas, as viagens, as surpresas… E são sempre os instantes inesperados que transformam um dia comum em uma lembrança especial, daquelas que nunca deixarão de nos acompanhar.
Este é um livro sobre esses momentos doces e sensíveis que não se apagam da memória tão facilmente. Quatro contos, em quatro estações do ano, sobre jovens que passam por vivências e sentimentos intensos. Paula Pimenta nos leva em uma viagem de inverno. Babi Dewet conta como um outono pode mudar tudo. Bruna Vieira mostra a paixão brotando com a primavera. E Thalita Rebouças narra um intenso amor de verão. Histórias de um ano inesquecível que vão ficar para sempre!



Resenha:

Hello pessoal! Tudo bem? Bom, hoje vamos falar de um nacional que eu estava com muita vontade de lê desde o lançamento que é Um Ano Inesquecível, que é composto por quatro contos, sendo eles escritor pela Paula Pimenta, Babi Dewet, Bruna Vieira e Thalita Rebouças. Não me lembro de ter encontrado erros de revisão,e a diagramação ficou ótima.

Vou começar falando do primeiro conto, que é Um Inverno Inesquecível da autora Paula Pimenta. Esse conto fala do inverno de Mabel, uma garota de 14 anos que é obrigada a fazer uma viagem com os seus pais e seu irmão mais novo, onde vai passar uma semana no Chile, enquanto isso, suas amigas vão para o sítio da Maguê, uma das melhores amigas da Mabel, e o garoto que ela gosta também vai esta lá. O conto ficou ótimo, só teve uma coisa nele que sentir falta, nas conversas do whatsApp faltou um pouco de gírias e abreviaturas das palavras, que é algo muito usado, principalmente entre os adolescentes. 

Top 5: Como foi a minha meta de 2016?

Hey pessoal! Tudo bem?

Não sei se vocês se lembram, mas no inicio desse ano de 2016 eu fiz uma postagem aqui no blog trazendo 5 livros que eram os que eu mais desejava lê durante o ano (Clique aqui caso queira vê a postagem), e hoje trago essa postagem pra contar pra vocês o que aconteceu: Dos 5 livros eu li 4. É, a minha meta era tão pequena e ainda assim eu não cumpri ela kkkk

Vamos lá então:

Os livros que eu tinha colocado na meta eram:


Rubi de Sangue - Denise Flaibam
Arabella Snow é o tipo de mulher que encanta e arrebata; desbravadora de mares, caçadora de tesouros, conquista riquezas e corações no decorrer de um suspiro. É a domadora do oceano, uma das piratas mais famosas de todos os tempos. Mas ela não passa de uma personagem dentro dos livros que Moira não se cansa de ler.
Em toda a sua vida, Moira Black sonhou em ser como sua heroína. A ingênua garota vive numa realidade monótona e previsível, cercada por nobres e suas máscaras de frivolidade. Mas algo maior está reservado para a doce garota dos olhos de tempestade: Moira está ligada a lenda de um tesouro. O relicário deixado por sua mãe tem laços com uma desconhecida maldição, e para descobrir os mistérios que se escondem junto ao rubi de sangue, Moira mergulhará num universo pertencente somente aos seus livros: o mundo da pirataria.
Mas a vida real não é tão simples quanto às aventuras que decorreram nas páginas que Moira idolatrava. Para salvar seu pai, a jovem precisará exigir de si mesma a coragem que tanto admira em Arabella Snow. Se ela quiser sobreviver a essa viagem, precisará ser uma pirata melhor do que sua maior heroína.